Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2013

A REJEIÇÃO DE ISRAEL

A REJEIÇÃO DE ISRAEL Por: Rev. David Chilton Tradução: Rev. João Ricardo Ferreira de França.
Ele era como os que foram enviados pelo dono da casa para que recebessem os frutos da vinha dos lavradores; porque exortava a todos os homens a retomar o interesse. Porém, Israel o desprezou e não quis retornar, pois sua vontade não era correta, e além do mais mataram aos que haviam sido enviados, e nem sequer se detiveram de atentar contra o senhor da vinha, mas que o mataram. Certamente, quando chegou e não encontrou fruto neles, lhes maldisse por meio da figueira, dizendo; “Nunca mais nasça fruto de ti” [ Mateus 21.19]; e a figueira ficou morta, sem frutos, de forma que até os discípulos se maravilharam quando a figueira secou. Então se cumpriu o que foi dito pelo profeta: “Farei cessar entre eles a voz de folguedo e a de alegria, e a voz do noivo, e a da noiva, e o som das mós, e a luz do candeeiro.” (Jeremias 25.10 ARA). Porque a obra completa da lei tem sido abolida entre eles, e de agora e…

A VINDA DO REINO

A VINDA DO REINO  Rev. David Chilton Tradução: Rev. João Ricardo Ferreira de França.
Em seguida, ascenderá Salvador para o céu dos céus, levando nos pés a vitória, Triunfante de seus  inimigos e dos seus, em Sua ascensão surpreenderá a Serpente, como é o ar, e arrastando acorrentado em torno de seu império, a deixará por último confundida. Entrará prontamente em sua glória, e recuperará  o seu trono à mão direita de Deus, magnificamente exaltado acima de todas as honras do céu. John Milton, Paraise Lost [12.451-58].
Nosso Senhor Jesus Cristo, que tomou sobre si a morte de todos, estendeu as mãos, não em qualquer lugar abaixo da terra, mas no mesmo ar, para a salvação efetuada por meio da  cruz pudesse ser mostrada a todos os homens em todos os lugares: destruindo o diabo trabalha  nos ares, e para que  Ele pudesse consagrar nosso caminho ao  céu, e liberá-lo. Atanásio, Letters [xxii]
            Adão foi criado rei. Haveria de subjulgar a terra e tendo domínio sobre ela. Seu domínio, contudo…

O GOVERNO BÍBLICO DE IGREJA

O GOVERNO BÍBLICO DA IGREJA Atos 20.28 Rev. João Ricardo Ferreira de França. INTRODUÇÃO: Em nossos dias existe uma crise de identidade na Igreja evangélica atual. Crise do ponto de vista doutrinária, os evangélicos de modo geral não sabem mais no que creem, não existe mais a preocupação com um credo, ou com uma confessionalidade estrita e clara.             A erosão da fé tem sido presente em nosso tempo. A negação da suficiência da Palavra de Deus é patente em nossos dias, e esta negação, não está vinculada a questão do pentecostalismo somente, mas também a questão do governo eclesiástico da igreja; pois, se tem aceitado que este tema é um campo periférico da teologia e que não devemos debater ou contender sobre este valioso assunto.             Um escritor dá-nos uma alerta crucial sobre isto, ao dizer: É muito comum os crentes professos fazerem distinção entre o essencial  e o não essecial em religião e inferir que, se algum fato ou doutrina pertence exatamente a esta última classe, …